NBO ''Review'' - Introdução á NJPW


Eae seus BR, só de boa? Então hoje nós não vamos ter nosso "review" porque hoje eu vos-lhe (até parece que alguém fala desse jeito) apresento a NJPW para quem não entende caralhos da empresa.

Parte 1: O estilo




A NJPW tem um estilo bem diferente de qualquer um: é o chamado "Strong Style". O Strong Style tem como objetivo fazer o Wrestling mais real possível, tratado como um esporte real no Japão com coletiva de imprensa, DVDS com a história da empresa e Titantrons e etc. Com isso não temos programas semanais para como o RAW, Impact, Nitro entre outros, ao invés disso temos os ROADS para os PPVS e os Alives (mais ou menos um RAW) que servem para desenvolver as rivalidades. Falando em rivalidades, elas são começadas e terminadas no ringue, sem segmentos e sem ataques, um exemplo é a recente rivalidade entre o Katsuyori Shibata e o Kazushi Sakuraba, começada no Invasion Attack por causa de uma simples submissão e terminada em o combate tão grande no recente NJPW Dominion.


Parte 2: A torcida




Assim como o estilo, a torcida (ou crowd, chame como quiser) japonesa é bastante diferente. Bastante quieta, como se estivesse no teatro ou no cinema, só soltando um "OHHHHHHHHHHH" quando um golpe extremamente foda acontece, mas alguns minutos depois já está gritando a todo minuto. O mais legal nessa torcida é que apesar de ser quieta, só se soltando em momentos de destaques, é que ela está prestando muita atenção, sem tirar os olhos do combate (que nem você nesse computador né).

Parte 3: Os Eventos




FODA, FODA, FODA E FODA, é assim que se descreve os eventos da NJPW. Eles são: Em Janeiro: Wrestle Kingdom o maior da NJPW (e melhor), Em fevereiro são os New Beginnings em Sendai e Osaka, em março é o torneio (FODA) New Japan Cup, em Abril é o Invasion Attack, em Maio é o Wrestling Dontaku, em Junho é o torneio Best of The Super Jr (PUTA MERDA CARA) em Julho temos o Dominion, em Agosto e Julho também temos o torneio G1 CLIMAX (delícia) em Outubro é o King of Pro-Wrestling, em Novembro temos o Power Struggle, e por último temos o último torneio (são quatro por ano) de duplas o World Tag League.

Parte 4: As Estrelas
Para uma companhia tão foda, temos que ter Wrestlers fodas também.Vamos á eles



Shinsuke Nakamura: O Rei do "Strong Style", meu wrestler favorito atualmente, O Deus da NJPW e etc.Um pouco burro fora do ringue, falando merda nas coletivas de imprensa, mas totalmente duro de roer dentro dele. É uma máquina de lutas de 5 estrelas e de carisma, provavelmente você vai amar ele. E tudo isso com 35 anos. Ele também consegue realizar "turns" brilhantes: de um gangster excêntrico, para um cuzão arrogante.


Kazuchika Okada: Um dos melhores no mundo. Só isso. Ele é o atual IWGP Heavyweight Champion (só com 27 anos) estando no terceiro reinado, ele tem a gimmick (personalidade) de um playboy loiro,"fazedor de chuvas", e realmente fazendo uma chuva de dinheiro na sua entrada. Ele é um dos meus favoritos, tendo um dos finishers mais emocionantes do mundo.

Hiroshi Tanahashi: O John Cena do Japão. É o recordista de reinados como  IWGP Heavyweight Champion com sete,é também o veterano da empresa,tem 15 anos de wrestling. É um pouquinho velho mas é muito bom, um dos únicos high-flyers (nem tanto) do seu país e um dos únicos que não usa a técnica 'Strong Style'.

Hirooki Goto: O "Wild Samurai". O cara é sensacional, apesar de ser um pouco injustiçado, pode ser um dos maiores nomes da NJPW, tem um dos finishers mais belos do mundo. Ganhou vários torneios, vários mesmo, o G1 Climax, A NEW JAPAN CUP e etc. Mesmo assim ele não ganhou muitos títulos, apenas o IWGP Intercontinental Championship (é o atual ) e IWGP Heavyweight Tag  Champion com o Shibata (já citado aqui).

Bullet Club (Grupo): Há quem diga que é uma imitação da nWo, apenas por causa do Too Sweet (cumprimento). Uma idiotice, já que a ideia da nWo veio do Japão, e é formada apenas por estrangeiros (a maioria americanos), mas, tem um "traidor" japonês: Yujiro Takahashi

AJ Styles: Já foi duas vezes IWGP Heavyweight  Champion, para muitos o melhor wrestler atualmente, e um dos melhores wrestlers da história, por manter sempre um nível técnico muito alto por onde quer que passe.

Young Bucks: A melhor tag team do planeta Terra (na minha opinião), os zueiros do wrestling. São os atuais IWGP Jr (Junior) Tag Team Champions. Superkicks e provocações são o que fazem com mais frequência...

Kenny Omega: O ex-IWGP Junior Champion, na divisão dos Juniors é o melhor heel. Além de estar em quinto na minha lista de favoritos da NJPW... O grupo tem mais integrantes, mas são esses que são os destaques na minha opinião.

Tomohiro Ishii: Outro injustiçado, bem que poderia ganhar outros titulos além do NEVER Openweight Championship. Por favor assita o combate dele contra o Tomoaki Honma, esse ano ainda pelo título acima citado. Bom se fosse o comparar com alguém no seu estilo de combate, seria com Brock Lesnar.

Toru Yano:
O jogador sujo da NJPW, sempre usando truques pra vencer. Ele serve mais para comédia (é é usado pra isso) do que para esses combates sérios, por isso ele é usado mais em lutas de duplas.

Parte 5: A Divisão de Peso




Como no MMA ou Boxe, temos na NJPW também tem sua divisão de peso. São os heavyweights e os juniors. Os combates da divisão heavyweight são mais duros com apenas 3 high-flyers (Tanahashi, Kota Ibushi, Tetsuya Naito). E na dos juniors são mais focados em lutas de high-flyers com vários " divings". Aqui está os melhores (na minha opinião) dos Juniors:

Kushida:
Ele é o ás da divisão. Nunca vi alguém com tanto paixão quanto ele, sempre fazendo um bom trabalho no ringue. Ele é daquele tipo que você não consegue odiar, é o atual IWGP Junior Champion.

Kenny Omega:
Falei um pouco dele na parte do Bullet Club, não é suficiente. O cara é foda, Kenny tem a habilidade de transitar facilmente entre high-flyer e um wrestler técnico. Além de ter golpes inspirados em Animes e Video-Games.

Ryusuke Taguchi:
A lenda da divisão, não é um dos melhores atuais, mas continua sendo sensacional. Tem uma gimmick de "dançador de funk" (Pancadão no baile) japonês, parece ridículo, mas acredite, Funciona e combina com ele até os golpes dançarinos funcionam, parece que o oponente dele realmente se machucam.

Jushin Liger:

Nunca tendo sido campeão mundial nem no Japão e nos EUA, seu maior título foi um Universal Championship na CMLL, no México. Liger é uma lenda, sua gimmick extremamente lendária, sua forma de lutar, Liger sabe levar uma luta contra quem for, ele foi quase um Shawn Michaels japonês e mascarado, é uma lenda viva do pro-wrestling e um dos lutadores mais underrateds da história (mesmo com mais de 50 títulos na carreira).

E assim termina essa edição do Review, que foi basicamente um Preview, mas enfim...

Artigo por: André Alves