Detalhes dos bastidores para o combate Bret Hart vs Vince McMahon


O episódio desta semana do "Talk is Jericho" com Chris Jericho, teve o ex-campeão da WWE conversando com Tyson Kidd e Natalya. Jericho questionou sobre o retorno de Bret Hart ao ringue em 2010 na WrestleMania 26, e o que isso significava para a família Hart. Tyson disse que WrestleMania 26 foi a primeira vez que toda a família estava reunida desde o funeral de Stu Hart seis anos antes.

Além disso, eles descreveram o processo de planejamento por trás do combate entre Bret Hart e Vince McMahon na WrestleMania daquele ano, e disse que Vince estava em um quarto com a Hart Dynasty, e mais uma dúzia de membros da família Hart, além de Triple H e Shawn Michaels.

Vince foi então colocando para fora suas idéias e foi rudemente interrompido por Bruce Hart. Bruce disse: "Não, isso não faz sentido. Isso basicamente transformaria você em BabyFace." Bruce começou a colocar outras idéias antes de Vince pudesse até mesmo entrar nos planos para o combate. Ele falou sobre Batista potencialmente se envolver, mas Batista já estava em uma Championship Match mais tarde a ideia foi vetada muito rapidamente.


Jim, de acordo com Natalya, era o mais normal na família, provavelmente porque ele não é um parente de sangue, e decidiu manter a boca fechada. Em seguida, houve um debate acalorado sobre quem faria o papel do árbitro especial, e a voz de Bruce ecoou novamente: "Wayne foi sempre o árbitro em Stampede. Wayne deve ser o árbitro.”, ao final das contas, foi o próprio Bruce a ser o árbitro especial do combate, e assim tudo prosseguiu, apesar das discussões.