Cantinho do Cronista #9 - Um Battleground histórico, graças a Undertaker

Nenhum comentário :


Amigos, fãs da Luta Livre/Pró-Wrestling, tivemos uma noite mágica neste Domingo (19) para quem realmente acompanha, pra quem sabe o que de fato se passa nesses ringues. Não tanto por todo o evento, que foi de qualidade técnica boa, de bons combates em termos físicos, técnicos, em termos de brutalidade. Porém acabou sendo um tanto quanto previsível nos resultados, muito com cara de "aquecimento" para o Summerslam. Mas veio esse retorno de Undertaker, que muitos encaravam com ceticismo, e nós como se viu na Antevisão (Clique), encarávamos essa possibilidade com esperança de ver um momento épico, e foi o que de fato aconteceu, vamos juntos então analisar esse grande show, que promete um cenário fantástico para o Summerslam que vem aí.

Barrett venceu R-Truth

Num combate que valia sei lá o quê, (o "Reinado"), parece que acabou a festa de Truth, ele se comportou bem, foi engraçado em sua entrada, no início da luta provocando o adversário, trazendo pra si a torcida, mas não foi um combate que teve grande tempo de tela, e a vitória de Barrett veio com uma facilidade que sugere que a feud acabou, até por que há muita coisa interessante por vir no Summerslam, mas Truth fez um bom trabalho com o pequeno push que teve, ao contrário do que alguns acham, merece estar sim na maior empresa de Wrestling do planeta, e talvez nem tanto nessa condição de jobber que lhe foi imposta. 

Randy Orton venceu Sheamus 

Bem, alguém tinha dúvidas de que esse seria o resultado? Mantém a feud para o Summerslam, a vitória veio á Orton em casa, o que agradou a Crowd, e deve haver a "vingança" de Sheamus no Summerslam, afinal ele tem se saído bem ao final das feuds desde que assumiu esse novo personagem, está com a mala, e a WWE não deve descrediblizá-lo, ao contrário, no Summerslam inclusive há um largo histórico de Cash-In, é bom ficar de olho. Quanto ao combate foi bom, tecnicamente interessante, brutal, mas pelo que conheço dos dois, poderia ter sido melhor, já vimos em RAW SmackDown, combates melhores entre os dois, em outros momentos. 

Tag Team Champ - Prime Time Players (c) venceram New Day 

Foi uma luta bastante simples, com pouco tempo de tela, mas fez-se a justiça, os PTPs seguem com os títulos, a New Day tem carisma, fez um segmento legal com a mesa que analisa o show, mas os The Ascension pedem passagem para essa feud. 

Bray Wyatt venceu Roman Reigns 

Foi um bom combate, uma boa vitória de Wyatt, cujo muito se especula que pode encarar Sting no Summerslam, e fica aí uma dúvida; É notório que Bray tem saído mal nas feuds e isso precisa mudar, porém a WWE foi muito criticada, inclusive por mim, na derrota de Sting ante Triple H, o que acontecerá? 

Charlotte venceu Brie Bella Sasha Banks

Foi um combate bastante interessante, que mostra que Charlotte chega com tudo á Divisão principal, e sei que está ficando repetitivo, mas já passa da hora de WWE parar com essa obsessão de fazer com que o recorde de AJ seja superado, a chance de dar novos ares, nova qualidade á Divas Division não pode ser desperdiçada, e Charlotte além de muito boa Wrestler, tem pedigree, é filha de Ric Flair, tem muito a dar para a empresa. 

USA Championship - John Cena (c) venceu Kevin Owens 

Bem, foi mais um combate espetacular entre Cena Owens, que prova a qualidade do recém-chegado ao Roster principal, e que prova também que Cena quando exigido proporciona sim, grandes momentos, independente da figura antipática que ele se tornou para muitos. Como vimos no Card do RAW, onde mais uma vez ele encara numa luta de trios Owens, isso indica que a rivalidade deva se manter, e a esperança de que Owens se torne campeão e que possa feudar quem sabe com Cesaro segue, o título tem muito mais serventia á Owens que á Cena, e estabilizaria-se enfim Cesaro como face, seria o melhor caminho. 

O retorno de Undertaker

O combate agendado era válido pelo WWE (World Heavyweight) Championship entre Seth Rollins (c) vs Brock Lesnar, e foi um bom combate, Lesnar fez Rollins sofrer bastante, com vários suplex, Rollins por sua vez respondia com bons chutes, (aliás, os chutinhos rodados like a Punk hein) mas isso foi interrompido pelo badalada que indicava a presença de Undertaker, que diante de um atônito Lesnar, acertou-lhe um golpe baixo, disparou-lhe esse olhar insano, e aplicou um Chokeslam, dois Tombstones Piledriver (que conforme comentamos no Twitter, a cabeça de Lesnar não tocou a lona, pode ter sido uma exigência), para dar um gran finale ao evento, um momento maravilhoso e histórico, e o combate fantástico já está confirmado para o Summerslam, inclusive neste RAW, Taker fez uma promo sensacional que culminou com uma confusão espetacular entre os dois, onde todo o Roster não os conseguiu conter, será uma grande feud, a expectativa é grande. 


Conheça nossa Página: Jovens Cronistas! (Clique)


Nenhum comentário :

Postar um comentário