War In Six Sides: Temp. 1 - Ep. 3: James Storm vs Bobby Roode

2 comentários :

Salve nação TNA do NBO Wrestling! Tudo certo? Hoje temos a terceira edição do quadro nostalgia da Total Nonstop Action no blog, o War In Six Sides! Nesta 3ª viagem desta expedição de volta ao passado, aterrissaremos na Grand Canyon University Arena em Phoenix, Bound For Glory, para uma verdadeira combate entre ex-amigos, que compartilham o amor por uma boa briga! Quer conferir esta viagem da Time Machine do NBO? Clique no mais e Welcome To The War!

Bound for Glory (2012).jpg
James Storm vs Bobby Roode


14 de outubro de 2012 (PPV Bound For Glory)

Este combate foi  o fim de uma rivalidade que durou mais de um ano entre os dois ex-membros da grande Beer Money Inc. e como bem dizia o slogan do evento, "A História Seria Feita"! Para qualquer fã de uma luta sem muitas regras e brutalidade fora do normal, foi um prato cheio, e um presente para os olhos dos 2900 sortudos que estavam na arena em Phoenix. Nada melhor que uma épica Street Fight Match para encerrar os problemas entre parceiros que se tornaram rivais. Bobby Roode chegou a esta luta violentíssima, alguns meses após perder o World Championship para Austin Aries, além de ter falhado em conquistar a Bound For Glory Series! Do outro lado, o "Cowboy", com poucos amigos, James Storm, que estava mais mordido do que nunca por ser traído pelo parceiro de longa data! A sinopse da guerra estava feita, dois ex-campeões mundiais, parceiros de dupla, buscando vingança, um contra o outro. Como violência pouca é bobagem, foi escolhida uma das estipulações mais hardcore possível, e de quebra, colocaram um lutador de MMA, da até então parceira, BELLATOR como enforcer. Não há nomes melhores para esse combate do que um dos maiores lutadores da atualidade e hoje líder da Revolution e o homem com maior reinado da história do World Heavyweight Championship. O combate insano do ano estava concretizado. 

  A rivalidade começou no Turning Point de 2011, quando os até então parceiros da Beer Money Inc, se enfrentaram no em um torneio pelo World Heavyweight Championship. Bobby Roode enfrentou James Storm traindo seu parceiro e dando fim a duradoura e vitoriosa parceria, dando um Heel Turn ao "It Factor", surpreendendo todos que os consideraram ainda parceiros. No Lockdown de 2012, o desafiante James Storm cobrou uma revanche contra o campeão, Bobby Roode, numa Steel Cage Match controversa que acabou com que a porta do cage estava aberta e o referee caído, Storm acertou um Last Call que jogou Roode para fora da jaula lhe dando uma vitória no estado do "The Cowboy", o Tennessee. Devastado pela derrota, James Storm deixou os shows, voltando apenas no Slammiversary do mesmo ano, quebrando a streak invicta de Crimson, enquanto Bobby Roode conseguia sólidas e incontestáveis de título. Nas semanas seguintes, "The Cowboy" entrou na Bound For Glory Series para buscar uma title shot pelo título do antigo Tag Team partner.
   No mês seguinte durante o Destination X, Bobby Roode perdeu o título mundial para Austin Aries. O ex-campeão não conseguiu recuperar seu World Championship e descontou sua frustração em James Storm, custando a ele a vitória contra Bully Ray na semi-final da Bound For Glory Series. Depois de inúmeras brigas, discussões e decisões polêmicas dos referee, ora ajudando um, ora ajudando outro, foi marcado o capítulo final da história para o Bound For Glory em uma Street Fight Match com o estreante e recém-contratado lutador de MMA, King Mo Lawal como enforcer.

O combate foi apenas violência, emoção e brutalidade em uma das resoluções de antigas amizade já ocorridos em um Bound For Glory, com spots de brigas de rua, com sequências de golpes emocionantes que são passíveis de qualquer palavrão que signifique insanidade. Os dois conseguiram beirar a insanidade extrema sem botches clássicos ou spots mal vendidos. Foram 17 minutos de ação com todos os tipos de armas. Aos fãs de hardcore wrestling é recomendável que se assista a esse combate antes de bater as botas. Então vamos relembrar essas noites de pura ação hardcore que é como receber um presente dos céus ao ver uma briga épica, entre dois talentosíssimos wrestlers.



Bem TNAtion, espero que gostem de mais esta luta sensacional e um abraço aos que apoiaram esse projeto seja com visualização, comentário ou um simples “continua em frente”! Obrigado por isso ,deixem seus pedidos para as próximas edições e até a próxima semana em mais um War In Six Sides!

2 comentários :

  1. Fantástico, isso resume meu pensamento, ótimo artigo!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelos comentário! Fico feliz em saber que gostou do quadro!

      Excluir