Scott Steiner sendo investigado por ameaça de morte a Hulk Hogan


Como já relatamos anteriormente, Scott Steiner foi banido da cerimônia do Hall of Fame deste ano, por ameaçar a esposa de Hulk Hogan. De acordo com o TMZ, o "Big Poppa Pump" abordou a esposa de Hogan, Jennifer, no aeroporto em San Jose, e Steiner disse a ela que ele estava indo para "matar" o criador da Hulkmania quando eles aterrissaram.

O Hulkster estava indo para a cerimônia do Hall of Fame, onde iria induzir seu companheiro de "Mega Powers", Randy Savage. E após esse incidente de Steiner com sua mulher, Hogan disse aos responsáveis para evitar a entrada de Steiner devido a isso.

Como pode se ver abaixo, há uma foto de Scott Steiner no centro de segurança, para que não o deixem entrar na cerimônia.



Fontes internacionais relatam que Jennifer não reconheceu Steiner quando esta a abordou na esteira de bagagens, o que fez ela chamar Hogan imediatamente, e eles foram fazer uma ocorrência policial alegando "ameaças de tentativa terrorista" sobre o fato de Steiner ter ameaçado matar Hogan. E ao que parece, as imagens do circuito interno de vigilância já foram reunidas, para procurar o momento da ameaça.

A rixa entre Hulk Hogan e Scott Steiner vem sido deixada bem clara nos últimos tempos por Steiner, e ele atribui a queda da WCW ao Hulkster. Steiner comentou sobre isso com o TMZ, dizendo o seguinte: "Típico do Hogan, ele é apenas um otário"