Spinebuster #8 - The Big Gold

Boas a todos que acompanham o retorno do Spinebuster ao NBO Wrestling, devido a outras tarefas no site, o quadro foi afastado, mas agora retorna a todo vapor.

Como o próprio titulo já diz, hoje o grande foco do quadro será o World Heavyweight Championship, também conhecido pelos mais intimos como "Big Gold".


O que talvez muitos não saibam, é que a história do World Heavyweight Championship provém antes mesmo de WWE, WCW, e até mesmo NWA. O titulo era disputado ainda na época em que as promoções e seus territórios ainda não dominavam o cenário, seu primeiro nome foi "Professional Wrestling Heavyweight Championship" e servia para coroar o melhor Catch-as-Catch Wrestler da época, o ano de criação do title foi 1905, e seu primeiro campeão foi Estoniano George Hackenschmidt.

Mesmo estando a tanto tempo na praça, pode se dizer que o verdadeiro World Heavyweight Championship já foi desativado, pois deixou de ser usado desta forma no ano de 1957, já na NWA, mas por coincidência do destino, em 1948, o titulo foi "desunificado" sendo dividido entre WWWF (atual WWE) e NWA, que mais tarde viria a se desmembrar da WCW, e o resto já sabem...

A WWF talvez pelo fato de ser a potência no Wrestling Mundial, já tenha adquirido seu próprio status de titulo principal, "renegando" o passado, porém, na WCW, o espirito do World Heavyweight Championship ainda vivia em alta, seu primeiro campeão foi Ric Flair em 1991, e o titulo passaria mais adiante pelas mãos dos maiores nomes do Wrestling profissional, coroando situações inéditas, como o primeiro negro a vencer um world Title (Ron Simmons em 1992).

Passaram-se os anos, WWF e WCW travavam uma ferrenha batalha pelos ratings, ambos os World Titles eram muito cobiçados, mas chegou um ponto onde a WCW sucumbiu (vai querer dar o Big Gold para um artista, acontece isso) e a WWF comprou a WCW, nascia aí uma das maiores histórias que o Big Gold já teve.

WWF e WCW eram "uma só", mas ainda eram separadas nas storylines, agora, Kurt Angle, Wrestler da WWF, vencia o WCW Championship, depois Booker T recuperava o title para a WCW, depois The Rock trazia-o de volta para a WWF, nisso Stone Cold que era, por incrível que pareça, membro da Alliance (WCW/ECW) vencia o WWF Championship, enfim, foi uma loucura. Loucura esta que só terminou no dia 9 de dezembro, após a história da Invasion ter terminado e tudo mais, ainda haviam dois belts, e neste 9 de Dezembro, Chris Jericho venceria The Rock e Stone Cold na mesma noite, para se tornar o primeiro Undisputed WWF Champion, e alí, o Big Gold "falecia".


Passaram cerca de 8 meses, até que o titulo foi "desunificado", agora na WWE, pelo General Manager do RAW, Eric Bishoff, que alegava que o RAW necessitava de um World Championship, e que Triple H, sendo o "verdadeiro" #1 Contender pelo até então Undisputed WWE Champion, era o merecedor do World Title, exclusivo do RAW, e assim o World Heavyweight Championship retornava a ativa.




Essa foi a fase em que o Big Gold ganhou talvez seu maior reconhecimento, após o período de WCW, onde Triple H foi a "face" do World Championship, periodo que creio eu, ser o mais overrated da história de Hunter, onde ele, "por coincidência do destino" teve a maioria de suas titles defenses contra ex-WCW guys (Scott Steiner, Booker T, Kevin Nash por 3 PPV's seguidos, e Goldberg, o unico a obter exito e vencer o title no Unforgiven de 2003). Triple H mesmo perdendo no Unforgiven, voltaria a vencer o title no Armageddon daquele ano, e assim Hunter permanecia no Spot até meados de 2005, onde o titulo saíra da sua rota (Hunter-outros).


O Big Gold ficou ativo até dezembro de 2013, quando foi novamente unificado com o WWE Championship, e assim o charmoso World Heavyweight Champion teria seu "segundo falecimento".

Para alguns essa unificação veio em má hora, pois muitos jovens talentos que mereciam um spot, ficaram "impossibilitados" de ter voos maiores na empresa, porém muitos atribuem a unificação pelo fato do titulo não estar rendendo mais como antes, vale ressaltar que até o meio de 2013, o WHC tinha feuds boas, mas inexplicavelmente, houve uma queda livre, e não se via mais nem feuds boas, e nem matchs boas pelo titulo, talvez o estopim de tudo, tenha sido quando John Cena venceu o title, e de quebra, Damien Sandow perdeu seu cash-in do MITB, alí o WHC parecia ter perdido totalmente o valor.

Na minha visão, o WHC é importante, pelo fato de trazer destaque, e é um excelente meio de preparar os mais jovens para um Main Event no futuro, ou algo do tipo, além de ser uma ótima forma de tirar as atenções de possíveis fracassos como o do RAW, e o WWE Championship, será que se houvesse ainda o Big Gold em disputa, lembrariam tanto de Brock Lesnar?? eis um dos pontos.

O WHC é um titulo importante não só por nos dar boas feuds, com wrestlers jovens que ganham seu "spot preparatório", mas também, por segurar as pontas enquanto a outra brand não passa por seus melhores momento, um exemplo, quando você se cansava de ver Cena vs Orton no RAW, havia o SmackDown com Taker vs Edge, e assim seria em teoria mais eficiente para os business. Afinal, já que tanto reclamam de Roman Reigns com o titulo principal da empresa, uma luta dele na Wrestlemania, mas valendo o Big Gold, não seria algo melhor para prepara-lo para um futuro spot? levando em consideração que os Mid-Titles da WWE não estão valendo lá grande coisa (agora com essa zona no IC, e a feud Russia vs USA no US Champ, as coisas estão um pouco melhores, maaaaas...)

Enfim, a discussão é muito ampla, mas esse é o meu ponto de vista, e enquanto o charme do World Heavyweight Championship não volta, estamos a mercê de certas "inconveniências", e resta a nós torcer para que os Mid Titles continuem em ascensão, e não se tornem descartáveis novamente.

Bom, é isso galera, esse foi mais um Spinebuster, deixem suas sugestões para o próximo quadro, e até a próxima!!