De acordo com os relatos do PWInsider, Daniel Bryan está no combate pelo Título Intercontinental, em vez do combate pelo Título principal da companhia, por causa da sua saúde, não porque a WWE não o veja como uma peça fundamental da companhia ou um lutador de topo. A sua saúde ainda é uma das grandes razões de preocupação.

Bryan escolheu uma forma pouco conhecida de reabilitar a sua lesão e existe um grande receio, dentro da WWE, que estes problemas irão voltar a aparecer eventualmente, exatamente por causa do método de reabilitação que este escolheu. Existe a preocupação que a reabilitação que Bryan escolheu não é uma solução a longo prazo, mas sim uma solução rápida para agora, o que poderá levar a que os problemas surjam novamente.

É provável que Bryan se encontrasse numa situação mais relevante no card da Wrestlemania, se os oficiais da WWE não estivessem tão preocupados com a possibilidade deste lesionar o cotovelo novamente. A situação de Bryan foi comparada pela fonte à situação de Kurt Angle, onde este também foi submetido a várias cirurgias não invasivas no pescoço, mas com o passar do tempo, Angle acabou por sofrer com vários problemas do pescoço na mesma.

Fonte: WrestlingPT