NBO Entrevista - As Blaze CFW




Bom pessoal, passou mais de uma semana, e vamos com a segunda entrevista do nosso blog, hoje teremos a honra de apresentar a CFW, mais especificamente o As Blaze, nesta semana voltada a CFW no Blog.

Espero que gostem, e aproveitem, vamos tornar o Wrestling brasileiro numa marca de poder.


Entrevistador: Vitor Alves, COO e Dono do NBO
Entrevistado: As Blaze, Wrestler da CFW.





Vitor: De onde veio a inspiração e qual o significado de CFW??

Blaze: Crazy Freestyle Wrestling. Meu caro amigo Vitor, veio porque somos loucos, e temos um estilo livre de fazer nosso wrestling, somos um estilo livre e louco de fazer wrestling.





Vitor: A CFW pretende entrar com ringues e tudo mais, ou continuar no Backyard Wrestling??

Blaze: Isso vai depender do tempo, o intuito é que a CFW seja sim apenas Pro-Wrestling porém no momento estamos no backyard e estamos muito felizes , eu venci o "Sobrevivente", um tipo de Batle Royal no Gigantes do Ringue e ganhei um contrato, porém vários lutadores do CFW atuam no GDR que é uma equipe profissional.




Vitor: E vocês pretendem uma união com a GDR, ou vão tentar profissionalizar a CFW??

Blaze: Sim vamos tentar profissionalizar a CFW mas já temos uma união com a GDR .




Vitor: Na CFW o pessoal prefere lutas no ring ou no estilo backyard??

Blaze: Olha isso é relativo, pois alguns podem prefereir o backyard pelo fato de poder ser mais hardcore ou golpes mais loucos, e outros no ringue que pode não mudar tanto e ter seus golpes loucos tambem, ou seja , é algo bem relativo uns preferem ringue e outros não.



Vitor: Vocês tem algum show semanal ou mensal, e fazem algum show no estilo PPV??

Blaze: Temos shows semanais todo domingo que vão pro ar geralmente segunda ou terça-feira , e no fim do mês temos um Free-Per-View.




Vitor: Esses Free-Per-Views de vocês, há como o publico acompanhar ao vivo, ou ele é transmitido apenas via internet??

Blaze: Então, nós em um tempo tinhamos uma espécie de Stream , porém hoje não mais, nossos espectadores acompanham quando os shows são postados no canal.





Vitor: Vocês costumam fazer apresentações para algum publico em massa, quando fazem, qual a média de espectadores.

Blaze: Então Vitor, já fizemos sim, já fizemos um FPV que foi o Rebelião que foi na associação de moradores do meu bairro onde tivemos um público até que grande acho que o maior que tivemos não tenho um número exato pra te passar mas se você ou quem ver essa entrevista quiser basta assistir nosso FPV , o Rebelião.




Vitor: Vendo alguns vídeos da CFW, reparei que vocês dão um teor hardcore bem bacana em algumas lutas (como mesas flamejantes, cadeiradas etc), como é fazer este tipo de coisa??

Blaze: Cara, é simplesmente sensacional, se você ou quem estiver acompanhando essa entrevista, quiser ver o nosso top 20 de loucuras durante os shows, você vai reparar momentos que usam fogo, mesas, lampadas, entre várias coisas que são do Wrestling Hardcore. E eu acho sensacional cair numa mesa , aplicar uma cadeirada , aplicar um golpe numa mesa em alguém, eu acho o HARDCORE a parte mais foda do Pro-Wrestling 




Vitor: E para alguém que esteja interessado, como fazer para entrar na CFW??

Blaze: Tendo vontade de aprender e vindo até a minha casa, ou na Academia Nautilus em Sto. André você consegue praticar a Luta Livre sem problema nenhum.




Vitor: E quantos titles possui a CFW, e com que frequência são disputados??

Blaze: Os Titles podem ser disputados em shows semanais, mas geralmente são disputados nos FPV, e possuímos os seguintes Titles:

CFW Campeão Máximo
Campeão de Honra
Campeão Extreme 

Optamos por dar nomes mais puxados para o Brasil para dar uma nova cara ao Wrestling Brasileiro outras equipes já fazem isso porém hoje também aderimos a isso.




Vitor: Falando sobre você, como você havia dito, tem um contrato com a GDR, a pergunta é, algum de vocês da CFW consegue viver apenas do Wrestling??

Blaze: Não cara , não tem como hoje ganhar muito com isso no Brasil eu ganho Cachê no GDR porém prefiro não divulgar, é algo considerável mas não é muito comparado com o que os estrangeiros ganham




Vitor: E sobre você, quais são suas inspirações no esporte??

Blaze: Hoje tenho apenas uma, The Undertaker, pra mim o maior nome da história desse esporte. Entendo a opinião de vários que acham outros melhores, mas ele pra mim é o melhor e com certeza foi minha inspiração pra começar o Pro Wrestling.




Vitor: Como e onde você iniciou sua carreira??

Blaze: Eu, As Crack e Bob Ramirez, numa brincadeira de escola decidimos lutar, foi horrível (risos) mas tivemos momentos bem engraçados, e com o tempo conhecemos pessoas do meio que nos apresentaram a Academia Nautilus, do nosso Mestre Nino Mercury e com o tempo o Nino nos apresentou ao Michel Serdan e logo após eu fiz 2 lutas de tag team uma junto com o Bob Ramirez e Outra com o Falecido John Cage , pra depois lutar no shopping aqui da região.




Vitor: E qual é o seu estilo de wrestling??

Blaze: Eu sou considerado Powerhouse e Brawler , faço muitos golpes pesados e sou muito bom com socos 




Vitor: Nos treinos, quais são suas maiores dificuldades??

Blaze: Cara eu acho que pra mim já foram as dificuldades, porque não as tenho mais. Mas foi uma grande dificuldade no início, eu tinha muito receio em levar golpes como hurricanrana, golpes de queda frontal. Hoje não digo que tenho dificuldades, eu treino todos os fundamentos , mas o que posso te dizer é que tenho dificuldade no estilo high flyer pois com 180 kg k é consideravelmente difícil ser um (risos).




Vitor: E qual é o seu maior sonho dentro do Wrestling??

Blaze: Ser um lutador reconhecido pelo que eu faço , conhecer alguns wrestlers pessoalmente , mas meu maior é ajudar a minha família com esse esporte, dar uma vida melhor pra eles.




Vitor: E você pretende um dia ir a WWE, ou uma outra empresa de Wrestling americana??

Blaze: Sim com certeza, tenho sonho de atuar na WWE , TNA , PWG , ROH , NJPW , Entre outras. Quanto mais empresas eu conhecer, pra mim será melhor e eu agregarei mais experiência.




Vitor: Bom por enquanto é só, tem alguma coisa que você queira acrescentar na entrevista??

Blaze: Sim aos espectadores que apreciam o Pró-Wrestling estrangeiro, mas que somem no Brasileiro. Esse esporte pode crescer no Brasil se tivermos o mesmo empenho que temos pra ver WWE , TNA , ROH , PWG entre várias outras , o esporte tem tudo pra ser grande aqui, depende da gente fazer crescer ou não vejam a equipe que quiser mas acompanhe o Wrestling Nacional !


As Blaze



Bom, a entrevista de hoje foi isso, quero agradecer novamente a CFW, em especial o As Blaze, que nos permitiu estar fazendo esta entrevista, e está nos apoiando no nosso projeto.


Para mais detalhes acesse nosso 


E continuem acompanhando pois essa semana será voltada para a CFW.

Valeu pessoal, até a próxima.