Ex-lutador Billy Jack Haynes processa WWE por maus tratos

Nenhum comentário :

Portland Tribune está relatando que a ex-estrela da WWF Billy Jack Haynes está processando a WWE em um tribunal federal por “chocantes maus tratos contra seus lutadores para o seu próprio benefício, bem como a ocultação e negação de pesquisa médica e evidências sobre lesões cerebrais traumáticas sofridas pelos lutadores da WWE. “
Hayes entrou com um processo de 42 páginas contra a empresa na quinta-feira. Ele está pedindo ao tribunal para conceder o caráter de “ação coletiva” para sua ação judicial para o que seus advogados dizem que podem ser 500 pessoas que sofreram lesões enquanto trabalhavam no ringue da WWE.
“Sob o pretexto de oferecer ‘entretenimento’ , a WWE tem, há décadas, submetido seus lutadores a brutalidade física extrema, que sabem, ou deveriam saber, causa danos corporais irreversíveis a longo prazo, incluindo danos cerebrais”, de acordo com a ação movida pelos advogados de Portland Steve D. Larson e Joshua L. Ross da empresa Stoll Stoll Bernie Lokting & Schlachter. “Por boa parte de sua história, a WWE se envolveu em uma campanha de ocultação de informações e discursos enganosos para evitar que seus lutadores compreendessem a verdadeira natureza e as consequências das lesões que sofreram. Representações, ações e inações da WWE fizeram lutadores sofrerem até a morte, ou de lesões debilitantes a longo prazo, perderem dinheiro, aposentarem-se precocemente, terem despesas médicas, e outras perdas, como aqui alegado”.
Os responsáveis ​​da WWE não se pronunciaram sobre o processo e não há data definida para o julgamento do caso. O Tribune tem mais detalhes, em inglês, neste link.
Billy Jack Haynes trabalhou para a WWF entre os anos de 1986 e 1988 e se envolveu em uma rivalidade brutal com Hercules Hernandez, onde era frequente o uso de lâminas para provocar sangramentos e a realização de combates que permitiam o uso de correntes. Ele sempre foi muito controverso ao contar os motivos de sua saída da empresa. Sua primeira versão apontava que ele se recusou a atuar como Jobber em sua cidade natal e então foi demitido. Na segunda versão ele disse que participou do combate, que teve um final reformulado, e depois pediu demissão. Na terceira e última vez que comentou sobre isso, ele falou que a WWE queria que ele perdesse uma Tag Team Match em sua cidade natal, ele se negou e acabou sendo demitido. Em 1992, na época das acusações pelo uso de esteroides contra Vince McMahon, Billy testemunhou contra seu ex-chefe, afirmando o quão horríveis eram as condições de trabalho da empresa e o quão rude era Vince McMahon.

Nenhum comentário :

Postar um comentário